Setor de Astronomia realiza lives com diversos países

Setor de Astronomia realiza lives com diversos países

via-lactea-setor-astronomia-laboratorio-desktop
via-lactea-setor-astronomia-laboratorio-mobile

“Olhem para o zênite”, dizem os astrônomos usando uma expressão que nos propõe olhar para o ponto mais alto acima de nossas cabeças, o céu. O setor de Astronomia tem feito este exercício com uma novidade: lives de fenômenos celestes, permitindo que amigos do Departamento Laboratório, que estão em diferentes partes do planeta, vivenciem juntos o acontecimento e compartilhem online seu conhecimento. E o encontro passa a ser muito mais que “olhar o zênite” e torna-se espaço para observação, meditação e integração.

Já foram três transmissões ao vivo com 1.600 acessos – sendo que muitas famílias estavam reunidas em uma única conexão – em dezenas de países como Alemanha, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Estados Unidos, Espanha, Itália, México, Paraguai, Portugal e Suíça. No ano passado, eles assistiram à passagem do cometa Neowise, em julho; ao eclipse solar, em 14 de dezembro; e à conjunção de Júpiter e Saturno com proximidade tamanha que não acontecia há 700 anos e pôde ser observada também em dezembro, entre os dias 16 e 21.

Cometa Neowise
Eclipse Solar
Conjunção Júpiter e Saturno
Telescópio utilizado

Imagens captadas pelo Setor Astronomia

Se em vários locais do mundo o eclipse solar não foi total, na Argentina e no Chile o foi e todos puderam acompanhar o evento e enviar seus comentários. Este é apenas um exemplo das trocas que aconteceram durante os encontros, num clima de conversa entre amigos, como que na sala de casa. Diferentes vivências do mesmo fenômeno. Diferentes perspectivas do mesmo céu. Aspectos que se compuseram com dados científicos, técnicos e históricos que foram reunidos pela equipe durante um rico processo de estudo e trabalho em conjunto. O conteúdo foi apresentado durante as lives e abordou assuntos pertinentes aos fenômenos de forma a buscar a razão de cada um deles.

Aliás, observar o céu sempre foi uma forma de a humanidade buscar a razão da vida, a sua origem, a sua evolução, as suas leis, assunto que fascina e intriga o ser humano desde o início da sua história. Talvez porque ali esteja o ponto mais elevado que se pode tentar atingir, o zênite, e que desperta em nós um sentimento, algo que vai além da lógica cerebral e nos permite admirar a grandiosidade do universo.

A Astronomia é um dos 12 setores que compõem o Departamento Laboratório da PRÓ-VIDA, responsável por desenvolver estudos, pesquisas e experiências científicas relacionadas a diversos temas, bem como atividades de campo e palestras.

A Astronomia é um dos 12 setores que compõem o Departamento Laboratório da PRÓ-VIDA, responsável por desenvolver estudos, pesquisas e experiências científicas relacionadas a diversos temas, bem como atividades de campo e palestras.

Nosso Movimento

Nosso Movimento

Ver mais

Matérias relacionadas

Um clique para o amanhã

O progresso tecnológico caminha a passos largos. Mas e o progresso da humanidade, como vai?

Um clique para o amanhã

O progresso tecnológico caminha a passos largos. Mas e o progresso da humanidade, como vai?

error: Conteúdo reservado ao Site da PRÓ-VIDA.