Aqui você encontra uma seleção de textos proferidos pelo Dr. Celso Charuri, de 1979 a 1981.

4 de fevereiro de 1981

Quando você está parado, não está trabalhando, você está descontente, você fica triste, porque está retardando a chegada ao ponto que você mais quer.

(…) O trabalho é tudo. É tudo no relativo e é tudo no Absoluto. Eu diria: trabalho é a vida relativa de cada um e é a vida absoluta de todos e do Todo. Sabe por quê? Porque é energia. E energia é movimento. O Universo é movimento. E quem faz o movimento é o trabalho.

Você quer ser sempre feliz e alegre? Objetive. Dê objetivo ao seu trabalho. Objetive o seu trabalho: tudo o que você fizer, faça pensando em construir o seu objetivo, que é a Felicidade.

Mas a Felicidade não pode ser conseguida só ao nível individual, porque se você constrói a felicidade só para você, ficando no meio de gente infeliz, eles o sufocam. (…) Acabam com a sua felicidade. Só tem um jeito: eliminar o que é mal. Para eliminar o que de ruim está fora, você tem que construir fora alguma coisa boa. Então, conseguir a felicidade ao nível individual é conseguir a felicidade ao nível coletivo. Em outras palavras, é construir um Mundo Bem Melhor. Portanto, em cada trabalho, em qualquer dos setores, direcione a sua energia para construir um Mundo Bem Melhor. (…) Em cada pedacinho.

Não seja egoísta. Faça para o outro o melhor, e o outro vai ficar tão satisfeito, que dois, quatro, seis, oito, dez, cem, cem mil, um milhão, milhões, o mundo inteiro vai compartilhar da construção de um Mundo Bem Melhor – partindo de cada um. E isso é o ponto da Felicidade.

(…) E aí, direcionado o trabalho e a sua energia para o ponto do objetivo, a Felicidade, encontrada não pelo egoísmo, mas pelo altruísmo, você passa a trabalhar em cada ponto, sempre fazendo uma dedicatória ao Mundo Bem Melhor. (…) Pode ter certeza que você será, então, abençoado, e terá todas as graças que alguém pode conseguir no Plano em que nós vivemos.

DR. CELSO CHARURI
Fundador e idealizador da PRÓ-VIDA

 

© Associação PRÓ-VIDA – São Paulo – SP – Brasil. Proibida a reprodução de parte ou do total desta obra sem prévia autorização.